Maconha melhora sua visão noturna?

Maconha melhora sua visão noturna?

0 Por BoGel

Acredite ou não, a ideia de que a maconha melhora sua visão noturna não é muito nova. Um relatório sobre o assunto foi publicado cerca de 25 anos atrás e outro tem estado por aí por mais de uma década.

Estudo Jamaicano

O primeiro estudo feito foi publicado pelo farmacêutico M. E. West da Universidade das Índias Ocidentais em Kingston, Jamaica. No estudo, West escreveu sobre como o pescador local parecia ter “uma habilidade desconhecida de ver no escuro“, resultando no que ele pensava ser habilidades superiores de navegação de barco através dos recifes de corais.

O que a maioria desses pescadores tinham em comum era que eles consumiam alguma forma de cannabis – seja fumando ou bebendo rum que continha folhas e caules.

Era impossível acreditar que alguém pudesse navegar um barco sem uma bússola e sem luz em um ambiente tão traiçoeiro“, disse West, depois de observar uma equipe de pescadores no trabalho uma noite. Ele disse que estava convencido de que a cannabis resultou em visão noturna muito melhor do que ele tinha, e que um “efeito subjetivo não era responsável”.

O estudo de West, e outros similares, indicaram que mais receptores de proteína CB1 estão localizados no olho do que no cérebro para que os canabinóides se liguem. Tão interessante como esses estudos foram, porém eles oferecem pouco para explicar a fisiologia que o efeito Cannabis pode ter sobre a visão noturna.

maconha melhora sua visão noturna

Estudando a maconha

O desejo de entender melhor o impacto que a Cannabis pode ter na visão noturna é o que levou pesquisadores do Montreal Neurological Institute no Canadá a publicar recentemente um estudo na revista eLife. A equipe de pesquisa testou uma forma sintética de um canabinoide sobre os tecidos de olho de girinos africanos, usando microeletrodos para medir como as células oculares dos girinos responderam à luz.

As células oculares dos girinos responderam mais rapidamente à luz brilhante e fraca. Além dos canabinoides que se ligam aos receptores CB1, os pesquisadores escreveram que uma proteína chamada NKCC1 foi inibida. Esta proteína teria trazido íons de cloreto dentro e fora das células do olho, melhorando o potencial elétrico.

No geral, essas experiências mostram que os canabinoides reduzem a concentração de íons cloreto dentro das células do gânglio retiniano, tornando-os mais mais sensíveis à luz“, relatou The Guardian.

Seria obviamente de interesse testar uma forma natural da maconha em seres humanos para ver se a visão melhorada da noite após a ingestão é uma coisa real. Naturalmente, a proibição da Cannabis impede a maior parte do estudo adicional necessário sobre a medicina vegetal. Esta história interessante é mais um exemplo de como essas leis antiquadas estão nos impedindo de descobrir completamente a vasta gama de potenciais benefícios da Cannabis.

Este post foi traduzido de Marijuana Times