6 maneiras de usar maconha sem fumar

6 maneiras de usar maconha sem fumar

0 Por BoGel

Pense na primeira vez que você fumou maconha. Você provavelmente se lembra da garganta em chamas, das tentativas descoordenadas de usar algo para “carburar”, da incapacidade de saber por quanto tempo puxar a fumaça… Ah, sim, bons (ou não) tempos. E a primeira vez que usou maconha sem fumar? As memórias do passado pra quem já fuma por algum tempo continua viva, e para aqueles que estão embarcando no mundo da cannabis agora, essas memórias são bem reais.

Nem todo mundo gosta de fumar, e aqueles com problemas pulmonares muitas vezes não tem nem a escolha de fumar ou não. A imagem do tabagismo pode ser a única coisa que impede algumas pessoas de experimentarem cannabis, mesmo que vivam em um país com maconha legalizada.

Embora haja várias maneiras diferentes de consumir cannabis, que evoluíram ao longo dos anos, você pode estar à procura de uma opção mais saudável. Aqui estão algumas sugestões de como usar maconha sem fumar.

 

1. Vaporizando

bote esse vaper

 

Você não precisa queimar a maconha com um isqueiro para apreciar seus benefícios; na verdade, seus compostos químicos evaporam a uma temperatura muito menor e menos prejudicial. O sabor da cannabis vaporizada é muitas vezes o escolhido quando comparado ao do beck, e o vapor é muito mais benéfico para os pulmões. 

Existem até vaporizadores de mesa, onde o vapor é de alta qualidade com melhores temperaturas, enquanto pequenas canetas de mão permitem que você aprecie a planta ou óleos de maconha em qualquer lugar. Hoje em dia, há muitos vaporizadores a preço acessível para você escolher se estiver interessado em experimentar esse tipo de consumo de cannabis sem fumaça.

 

2. Comestíveis

 

Uma das alternativas mais faladas do consumo de maconha é pela comida e bebida. A diversidade de comestíveis de maconha está expandindo rápidamente, tanto que você pode encontrar online qualquer coisa que peça manteiga ou óleo.

Se liga no meu artigo sobre o brisadeiro (ou brigaconha).

Você pode fazer seu próprio cannamilk em casa (é surpreendentemente fácil, mas seja cauteloso com a dosagem). Você provavelmente já ouviu isso, mas deve ser dito: comece com uma dose baixa e seja paciente. Por causa do processo digestivo, os comestíveis levam muito mais tempo para entrar e podem ter efeitos intensamente psicoativos. então já sabe né, CUIDADO NA DOSAGEM!

 

3. Óleos Ingeríveis

 

Óleos ingeríveis são basicamente qualquer concentrado de cannabis que é tomado por via oral. Eles são mais comuns em cápsulas ou aplicadores de plástico, sendo que ambos podem ser consumidos diretamente ou adicionados à comida ou bebida. Assim como os comestíveis, os óleos ingeríveis podem induzir efeitos poderosos que demoram um pouco para se manifestar, portanto, esteja atento à sua dose!

 

4. Tinturas

 

As tinturas são líquidos infundidos que extraem compostos de cannabis usando um álcool e são aplicados diretamente sob a língua. Ao contrário dos óleos ingeríveis e alimentos infundidos, as tinturas entram imediatamente na corrente sanguínea, permitindo efeitos de ação rápida e melhor controle de dose. Uma variedade de sabores, potências e perfis de canabinóides estão sempre disponíveis, atendendo às suas preferências específicas ou necessidades médicas.

 

5. Topicals

 

Os topicals são loções e bálsamos infundidos com maconha que são aplicados diretamente na pele para alívio localizado da dor, da dor e da inflamação. Uma propriedade única do topicals de maconha é a sua capacidade de tratar os sintomas sem efeitos psicoativos, por isso, se você precisa apenas melhorar de alguma dor e não quer ficar chapado, topicals são a sua escolha

 

6. Bong

 

Aqui você provavelmente já conhece. O bong é um método de vaporização instantânea no qual a maconha é lançadas para um tubo de água aquecida e dali direto pra você, para efeitos intensamente potentes. Quem gosta do bong normalmente elege este método porque:

  • Os concentrados propriamente oferecem uma experiência limpa, livre de material vegetal;
  • O bong produz vapor, ao contrário do cigarro de maconha.

Não é a opção que eu iria sugerir para quem está começando a fumar, mas certamente é uma opção para quem já está fumando há um tempo.

Agora que você se familiarizou com todas as opções disponíveis, comenta aí embaixo qual desses métodos de usar maconha sem fumar é o seu preferido e por qual motivo.