Brigaconha: O brigadeiro de maconha

Brigaconha: O brigadeiro de maconha

18 Por BoGel

A primeira receita aqui do blog não poderia ser outra, né? o famoso BRIGACONHA (ou brisadeiro), poderoso e delicioso, indicado para saborear com o mozão (se ele(a) quiser) vendo aquela série do Netflix que todo mundo já viu menos vocês numa noite fria (imaginou a cena aí né, eu também) ou até ficar vendo Faustão naquele domingo chato (brigaconha vai deixar o programa mais divertido, juro!)

Não faço ideia de quem foi astro da cozinha que teve a ideia de fazer o Brigaconha pela primeira vez, dizem que foi um chef de cozinha em Santos chamado Pete Santini, 76, (nada confirmado) mas garanto que essa ideia está sendo bem aproveitada no mundo inteiro.

Para fazer essa receita não tem segredo nenhum, é extremamente fácil.

Ingredientes do brigaconha

  • Erva – Depende da quantidade de pessoas. Eu recomendo 0.5 gramas por pessoa. Uma quantidade razoável, quase 1 cigarro e meio;
  • Uma panela média (1 Litro);
  • Água (jura?);
  • Um recipiente qualquer…
  • Coador;
  • Leite condensado;
  • Nescau (“achocolatado em pó” para os certinhos);
  • Manteiga;

VAMOS LÁ (por partes)!!

Modo de Preparo da Erva:

  1. A sua erva deve estar triturada, dichavada (triturada, solta, picada, moída… você escolhe o nome). Tire os galhos e sementes, por favor;
  2. Coloque água na panela (2 ou 3 copos d’água), e ferva. O interessante aqui na medida da água, é que depois que você coloque a manteiga (já vamos chegar lá) ela fique bem líquida ainda, se ela esquentar demais o THC evapora e aí vai ter que ver Faustão de cara emburrada mesmo;
  3. Com a água fervendo, jogue a quantidade de manteiga que você quer fazer. Pouca manteiga = mais concentrado; Muita manteiga = menos concentrado; sugiro colocar metade de um tablete que aí fica no ponto;
  4. Depois que a manteiga derreter (3 segundos depois), jogue o “tempero” (esse mesmo que você ta pensando) e diminua o fogo, deixando ele no mínimo (não esqueça de usar a menor boca do fogão para tal proeza;
  5. Após esse tempo, desligue o fogo e coa tudo que tem na panela, depois passe para seu recipiente (qualquer coisa, MESMO!). Você vai reparar que a parte por cima é manteiga derretida e a de baixo é uma água bem horrível;
  6. Coloque o recipiente no freezer por algum tempo até a manteiga endurecer e ficar bem bonita e verdinha;

(já te ensinei praticamente tudo sobre cozinhar com maconha até aqui, essa manteiga você pode usar para qualquer coisa que queira comer junto ou cozinhar, o processo básico é esse.)

O que ta co te seno?

Bem, meu caro, enquanto o fogo vai fervendo tudo bem vagarosamente, o THC vai “saindo” da maconha aos poucos e “grudando na manteiga”. Deixe ele por 1 ou 2 horas, ou quanto sua consciência achar que deve. Nesse tempo livre vá escolhendo algo no Netflix ou ler as notícias daqui do blog.

  • Coloque o recipiente no freezer por algum tempo até a manteiga endurecer e ficar bem bonita e verdinha;

(já te ensinei praticamente tudo sobre cozinhar com maconha até aqui, essa manteiga você pode usar para qualquer coisa que queira comer junto ou cozinhar, o processo básico é esse.)

VAMOS FAZER O BRIGADEIRO!! (vou ensinar rapidão que acho que todo ser humano sabe fazer um brigadeiro):

  • Jogue na panela o leite condensado (uma ou duas colheres) e a manteiga, sim, essa manteiga adulterada que você acabou de fazer);
  • Jogue o Nescau;
  • Mexa tudo e o brigadeiro magicamente aparece;

(cozinha esse brigadeiro em fogo baixo, senão o THC some, não esquece!)

Quando engrossar um pouco é só jogar no prato, deixar esfriar um pouco e mandar pra dentro! Voilá! Desfrute da sua criação.

Dica Esperta

Não vá dar uma de lariquento, comer tudo de uma vez e raspar o prato porque você vai estragar seu rolê e acabar dormindo pesado. Seu mozão não vai gostar nada disso.

Aproveita que já ta vendo esse brigaconha e da uma olhada nesse post onde ensino a fazer um chá de maconha que você vai querer tomar com a rainha qualquer dia.